Conecte-se conosco

Blog Anderson de Jesus

Concessão deve modernizar o rotativo de Criciuma

Publicado

em

Ouça esta matéria

Governo de Criciúma apresentou em uma audiência pública virtual na noite de terça-feira o novo modelo que deve ser implantado no rotativo de Criciúma. A intenção do governo é repassar a responsabilidade para uma empresa que teria a missão de modernizar e ampliar o serviço. Pela proposta a cidade vai contar com praticamente 5 mil vagas e o rotativo passa a operar, além da área central, na Próspera, São Luiz, Rio Maina e Grande Santa Luzia. O serviço também será mais interativo. “Vamos ter totens digitais pelas ruas para que o motorista possa ele mesmo pagar o serviço. a intenção é modernizar e ampliar a qualidade do que se oferta ao cidadão”, explica Gustavo Medeiros, responsável pela Diretoria de Trânsito e Transporte de Criciúma.

Esse processo de repassar alguns serviços para iniciativa privada é uma defesa antiga do prefeito Clésio Salvaro. É entendimento dele, e de muita gente, que o município tem que cuidar de ações tidas como prioritárias e que o resto tem que repassar para quem pode fazer mais, melhor, mais rápido e cobrar menos. É mais ou menos a tendência que se pensa para o rotativo. Em algumas cidades o modelo funciona bem, em outras ainda está ajustando. Em Criciúma o modelo deve sair do papel até o final do ano.

Falando em terceirização
A iluminação Pública de Içara está neste modelo. Por ora a empresa está fazendo a manutenção do serviço que já existia, mas por força de contrato deve passar a melhorar gradativamente o sistema que está em operação na cidade. No início do mês o assunto foi pauta no legislativo. A preocupação é tornar o serviço mais próximo do usuário. Avaliação dos vereadores, que chamaram o diretor da Ilumina Içara para a conversa, é que a comunicação de quem precisa do serviço e a empresa está prejudicada.

Continue Lendo
Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Blog Anderson de Jesus

Cooperaliança deve modernizar estatuto nos próximos meses

Publicado

em

Ouça esta matéria

O presidente da Cooperaliança Reginaldo de Jesus deve convocar nos próximos meses uma Assembleia Extraordinária dos associados para discutir mudanças no estatuto da Cooperativa. A ordem é modernizar as regras que regem a entidade e atualizar alguns pontos. Um deles trata especificamente sobre a necessidade de votação para a escolha de Conselhos Fiscais e de Gestão quando há apenas uma chapa inscrita. “Hoje isso representa um gasto desnecessário. Se tem uma chapa única podemos resolver tudo com a aclamação. O problema é que hoje o estatuto não permite. É isso que precisamos mudar e também há outro pontos a serem modernizados”, adianta.

Dede faz questão de frisar, no entanto, um ponto que não será alterado. “Tem, no imaginário de algumas pessoas, que tem uma posição política com relação a cooperativa e que acha que vou mexer no estatuto para garantir minha permanência, me tornar presidente vitalício. Isso não vai acontecer. Defendo o direito de apenas uma reeleição. Podem ficar tranquilos”,

Desabafo
Reginaldo de Jesus aproveitou a entrevista na Massa FM para fazer um desabafo. Ele se queixou de ataques pessoais que tem sofrido nas redes sociais. “Gente que não em eleição anterior montou chapa e disse que iria varrer a cooperativa. Agora não conseguiu nem ao menos montar a chapa e vai as redes sociais para fazer ataques pessoais. Recebo bem todas as críticas quando elas são construtivas, mas não assim. A cooperativa está saneada, com lucro, divisão de resultados e trabalhando para ser uma das mais baratas do país. Lamento estes posicionamentos apenas políticos que não contribuem em nada”.

Tarifa

O presidente também comentou sobre o impacto que o fim da Bandeira Tarifária da crise hídrica terá nas contas dos associados da Cooperaliança. “O impacto para os nosso cooperados será 100% sentido a partir da tarifa que será cobrada em junho, já que pegará o mês de maio cheio sem a bandeira e agora em abril metade do mês ainda foi com a cobrança extra. Para os nossos associados a redução deve ser de pelo menos 20%. Agora vamos trabalhar para que em agosto, quando a Aneel repassa a revisão tarifária, não tenhamos um aumento muito expressivo e com isso sigamos como uma das mais baratas do Brasil”.

Continue Lendo

Blog Anderson de Jesus

Hospitais Filantrópicos alertam para risco de caos no setor

Publicado

em

Ouça esta matéria

Os Hospitais Filantrópicos e Santas Casas de todo o Brasil estão em alerta com a votação programada para os próximos dias no Congresso Nacional. Na pauta o projeto que cria um piso nacional para os profissionais de enfermagem. Sem uma nova fonte de receita que garanta o pagamento dos profissionais a proposta é vista com uma ameaça para a saúde financeira das instituições.

Diretor do Hospital São Donato, Júlio de Lucca explica que a instituição de Içara terá o custo atual de manutenção elevado em pelo menos 1,5 milhão de reais por ano. “Isso inviabiliza. Não temo como tocar porque não há onde buscar o recurso para fechar esta conta. Não somos contra o piso, não somos contra a enfermagem, apenas precisamos de garantias para continuar operando sem um colapso financeiro”, explica.

Segundo ele, representantes de hospitais de todo o Brasil devem ir a Brasília mais uma vez na próxima semana. “Queremos o apoio do Congresso para que juntos possamos encontrar uma solução para este impasse”.

Continue Lendo

Blog Anderson de Jesus

Vem ai uma Heimatfest mais popular

Publicado

em

Ouça esta matéria

Forquilhinha abre oficialmente nesta quarta-feira a edição 2022 da Heimatfest. A festa das origens segue até o dia 26 com atrações regionais e com destaque para a música e a gastronomia típica alemã. Segundo o prefeito José Cláudio Gonçalves, o Neguinho, a festa retorna ao calendário do município com um novo formato. A ordem é garantir um evento mais acessível a população e aos visitantes.

“Nada impede que ano que vem ou no próximo a gente volte a pensar em show nacional, mas ele não pode ser a grande atração da festa. A festa vai ser feita pelas entidades, vai servir para destacar a nossa cultura, as tradições dos nossos imigrantes. Acima de tudo tem que ser uma festa onde as pessoas possam ir, se divertir e ainda voltar para casa com dinheiro no bolso”, defende.

Continue Lendo

Blog AJ

Blog AJ

Mais vistos

© Copyright 2007-2022 sulnoticias.com