Acic elenca prioridades para candidatos no pleito 2018

A Associação Empresarial de Criciúma (Acic) definiu na noite desta segunda-feira, 04, durante a reunião da diretoria executiva da entidade, as bandeiras e propostas que serão apresentadas aos futuros gestores públicos em prol do desenvolvimento de Criciúma e região.

As necessidades elencadas integrarão o Projeto Voz Única para as eleições 2018, desenvolvido pela Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc), que busca auxiliar os governantes e parlamentares na elaboração de seus planos de governo.

Entre as necessidades levantadas pela entidade empresarial estão uma série de sugestões para as áreas política e administrativa e de infraestrutura, como a elaboração de um plano de desenvolvimento para o Sul, com metodologia de implementação; criação de mecanismos para uma administração pública eficiente, com planejamento estratégico para médio e longo prazo; estadualização do Hospital Santa Catarina; implantação de uma política de apoio à atração de novas empresas; ampliação do número de voos e da infraestrutura do aeroporto regional de Jaguaruna; criação da Região Metropolitana Carbonífera; fixação da barragem do Rio Araranguá; integração do sistema modal: ferrovias, rodovias e marítimo; conclusão e duplicação do Anel de Contorno Viário de Criciúma; ampliação de Rotas internacionais no Porto de Imbituba; revitalização das Rodovias Jorge Lacerda e Luiz Rosso.

“Procuramos discutir e levantar as pautas que acreditamos serem de extrema importância para Criciúma e também, algumas delas, para a nossa região. Especialmente, as relacionadas a infraestrutura que precisam ser concluídas como é o caso do Anel de Contorno Viário de Criciúma, porém também pensando lá na frente, iniciar a duplicação do mesmo. Na área política e administrativa, achamos que a criação de um mecanismo de gestão pública eficiente garantirá recursos financeiros para serem aplicados na saúde, educação, segurança pública”, coloca o presidente da Acic, Moacir Dagostin.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *