Adolescentes confessam assassinato na Quarta Linha

Criciúma

A Polícia Civil esclareceu nesta tarde o homicídio registrado na noite desta segunda-feira no bairro Quarta Linha. Na ocasião Antonio de Moraes, 30, foi morto com dois tiros em frente sua residência. O crime foi cometido por dois adolescentes. Os jovens confessaram o crime e alegaram ter matado Antonio porque ele teria violentado um menino na noite anterior.

“No dia seguinte ao crime essa hipótese já vinha sendo investigada e ganhou força depois que confirmamos que Antonio havia, de fato, estado com o menino vítima de violência Sexual. Também levantou-se a informação de que os autores seriam moradores do residencial San Diego”, relata o delegado André Milanesi.

Nesta manhã os adolescentes R.H.C., de 17 anos de idade, e W.S.T., de 16 anos, compareceram a delegacia. Acompanhados pela advogada eles confirmaram o crime com detalhes. Alegam que foram até a casa da vítima para tirar satisfações sobre a denúncia de crime sexual. Alegam que Antonio teria reagido de maneira debochada e que, neste momento, um dos adolescentes sacou o revólver calibre 38 e efetuou três disparos.

Os dois adolescentes foram liberados e vão responder o crime em liberdade. O jovem de 17 anos não tem antecedentes criminais, já o outro tem envolvimento com o tráfico de drogas.