Alisson Pires pede licença do Legislativo em Criciúma

Criciúma

O Vereador Alisson Pires, suplente em exercício do PSDB, pediu licença não remunerada do poder legislativo em Criciúma. A decisão foi tomada após um pedido do prefeito Clésio Salvaro. O chefe do executivo não gostou da decisão do vereador de se abster de votar durante discussão sobre cobrança de Cosip de condomínios na cidade.

Salvaro chegou a exonerar Arleu da Silveira e Roseli de Lucca para retomar o comando da Câmara do partido na Câmara. Ele só recuou quando Pires protocolou a licença.