Aos 138 anos, Criciúma tem de volta sua Prefeitura

A celebração era do Aniversário de 138 anos de Criciúma, o pano de fundo a reinauguração do Paço Marcos Rovaris, o Show de Sérgio Reis e Renato Teixeira, mas a estrela da noite acabou sendo de fato Clésio Salvaro. Foi para o prefeito que convergiram todos os discursos, salamaleques e rapapés da noite. Do presidente da Câmara ao vice-prefeito, do deputado Comin ao Senador Paulo Bauer; cada um, ao seu jeito, enalteceu a imagem de obstinação de Salvaro. E é fato, não há como negar, foi graças ao Estilo Salvaro, que a obra ficou pronta para ser reinaugurada no dia do aniversário da cidade.

Salvaro queria um ato de peso e convidou autoridades nacionais. Queria a presença de Geraldo Alckmin. O governador Paulista não veio, mandou um vídeo e segundo a assessoria deve estar na cidade em Fevereiro. Aliás, nem mesmo o Governador de Santa Catarina e seu vice estiveram presentes alegando outros compromissos.

A celebração começou com ex-prefeitos sendo chamados ao Palco, que foi dividido com os representantes das etnias que colonizaram a cidade e com autoridades locais, regionais e estaduais. O primeiro a falar foi o presidente da Câmara. Júlio Colombo lembrou da parceria do Legislativo na recuperação da prefeitura e no esforço para economizar e ser parceiro do Governo.

Na sequência o Secretário Valmir Comin falou em nome da Assembleia e dos parlamentares do Estado. Geovânia de Sá se manifestou para representar os deputados federais e exaltou o trabalho do Prefeito. A linha foi a mesma adotada pelo Senador Paulo Bauer.

O discurso do vice Ricardo Fabris foi uma exaltação a Figura do prefeito, taxado quase de predestinado. Clésio encerrou o cerimonial de palco agradecendo os funcionários, os ex-prefeitos, o pai Armelindo e destacando o empenho para concluir a obra e recolocar a cidade nos trilhos. Fechou sem esquecer, é claro, de alfinetar o antecessor. “Herdamos uma cidade sem prefeitura e sem governo. A cidade do desgoverno está nos trilhos, a prefeitura está reaberta e segunda vou despachar aqui para fazer essa cidade novamente um canteiro de realizações”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *