Bebê agredida segue internada na UTI em Tubarão

Hoje, a bebê de dois meses que teria sido agredida pelo pai, em Capivari de Baixo, completa uma semana internada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), do Hospital Nossa Senhora da Conceição, em Tubarão. Não há previsão de alta. Conforme a unidade, o estado de saúde dela é estável, porém grave.

A menina está internada desde o dia 17. A equipe médica desconfiou das lesões, acionou a polícia, e, após a confissão da mãe de que o pai da bebê a teria agredido, o homem, de 25 anos, foi preso em flagrante. Posteriormente, a prisão foi convertida em preventiva. Ele deverá responder por maus-tratos e tentativa de homicídio.

A vítima passou por cirurgia e está internada na UTI Neonatal. Ela teve fraturas e afundamento do crânio. A mãe da vítima, de 21 anos, poderá ser indiciada por omissão. Inicialmente, ela negou que o marido tivesse agredido a menina, mas depois confessou. A suspeita é de que as agressões tenham sido motivadas porque o pai acha que a bebê não é filha biológica dele.

Conforme o delegado Vandilson Moreira da Silva, de Capivari de Baixo, até sexta-feira o caso e as investigações deverão estar concluídos.

As informações são do Diário do Sul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *