Candidato do PSOL, Camasão fala de propostas, aborto e legalização das drogas

Primeiro candidato a registrar a candidatura no TRE, o jornalista Leonel Camasão falou das propostas que o PSOL pretende levar para a eleição deste ano em Santa Catarina e destacou posições favoráveis ao Aborto e a legalização das drogas. Candidato ao Governo, ele afirma que o grande desafio é acabar com os benefícios fiscais concedidos pelo Governo.

“Santa Catarina vai terminar o ano com R$ 3 bilhões em dívida. Uma dívida que poderia ser aliviada casoesses benefícios, pouco transparentes, fossem extintos”. Camasão também falou sobre o fim das regionais e descartou o enxugamento no número de funcionários.

“Somos a favor do fim das agências regionais, que não descentralizam nada. Mas não somos a favor de um Estado mínimo. Precisamos é de mais funcionários. Se queremos mais saúde, mais educação, precisamos de mais funcionários”.

Camasão também falou sobre temas polêmicos como aborto e drogas. “O aborto é proibido, mas as mulheres continuam fazendo e morrendo, em especial as mais pobres. Proibir não é a solução. A mesma lógica vale para as drogas. Prendem só o peixe pequeno, os grandes traficantes não. Tem que liberar como a Califórnia, que aplicou taxações, criou espaços específicos e está nadando em dinheiro”.