Informações e foto - Assessoria de Imprensa

Candidatos à reitoria convidam comunidade ao diálogo

Estreitar ainda mais a relação entre universidade e sociedade Sul catarinense é o objetivo do fórum A Unesc que a gente quer com a Comunidade, promovido pelos candidatos à reitoria da Universidade do Extremo Sul Catarinense, em chapa única, Luciane Ceretta e Daniel Preve. O evento será realizado nesta terça-feira, dia 23, a partir das 16 horas, no Auditório Ruy Hulse, na própria instituição.

Serão aproximadamente duas horas de diálogo com lideranças políticas, econômicas e religiosas; entidades de classe; movimentos sociais; ONGs e população em geral. Todos os interessados em contribuir para o fortalecimento da Unesc são bem-vindos com sugestões e ideias.

“Somos uma universidade comunitária, sem fins lucrativos, que reinveste todos os resultados na própria atividade educacional, em prol do desenvolvimento da região. Nossos projetos já beneficiam milhares de pessoas, mas queremos avançar, contribuir ainda mais para a melhoria da qualidade de vida, inclusão social e construção da cidadania”, afirma Luciane, candidata a reitora.

A inserção nas comunidades regionais, por meio da pesquisa e extensão, é o grande diferencial da Unesc em relação a outras instituições de ensino superior. Além de divulgar o conhecimento científico pelo ensino e produzir novo conhecimento através da pesquisa, a universidade tem dedicado importantes esforços na solução dos mais diversos problemas enfrentados pela sociedade por meio de programas e projetos de extensão, como o Território Paulo Freire, em parceria com a União das Associações de Bairros de Criciúma (UABC), visando o empoderamento comunitário. Atualmente, são mais de 100 projetos de extensão nas áreas de saúde, educação, meio-ambiente, arte e cultura, cidadania, empreendedorismo, tecnologia, entre outros.

Destaque ainda para os atendimentos jurídicos, nas Casas da Cidadania, e em saúde, nas Clínicas Integradas, onde mais de 70 mil pessoas são beneficiadas, gratuitamente, por semestre. Além, claro, de oito mil estudantes contemplados com bolsas de estudos, financiamentos e estágios remunerados. “Por tudo isso, precisamos suscitar um sentimento de pertencimento na sociedade Sul catarinense em relação à Unesc, afinal nossa atuação é 100% apoiada e voltada para a comunidade”, reforça Luciane.

O Fórum A Unesc que a gente quer com a Comunidade será o sexto de uma série de sete encontros. Importante canal de escuta, os eventos foram criados para estimular o diálogo e auxiliar na construção do projeto de gestão coletiva que os candidatos à reitoria querem implementar a partir da eleição, no dia 7 de junho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *