Caso Greciane: Jovem foi morta em crime premeditado

Criciúma

A Polícia Civil localizou nesta segunda-feira o corpo da jovem Greciane Felipe Marques. A garota de 23 anos, que morava no bairro São Sebastião, em Criciúma, foi encontrada em uma área de mata, no interior de Siderópolis. Greciane estava desaparecida desde o dia 28 de dezembro. Em entrevista coletiva concedida nesta tarde, o delegado Yuri Miqueluzzi afirmou que o crime foi premeditado.

“A apuração criminal indica que a execução do crime foi premeditada e organizada. A motivação envolveria um suposto suicídio do marido de Greciani há cerca de 5 anos, em Forquilhinha. Segundo apurado, parte da família acredita não ter sido suicídio e que Greciani teria envolvimento em um eventual homicídio. Por vingança, foi arquitetada e realizada a execução”, explica o delegado.

Na última semana a Polícia Civil realizou operação que prendeu temporariamente duas pessoas investigadas por envolvimento criminoso no desaparecimento de Greciani. Um adolescente também está sendo investigado por suposta participação. Na operação, três mandados de buscas domiciliares foram cumpridos. Ouras pessoas seguem sendo investigadas.