CDL reafirma necessidade do rotativo em Içara

Içara

Presidente da CDL de Içara Alexandre Fernandes fez uma ampla defesa do estacionamento rotativo. As declarações foram dadas durante entrevista a Difusora.  Segundo ele não há como pensar em retroceder neste assunto.

“Basta olhar o nosso movimento, ele aumentou e a satisfação dos clientes, que hoje tem facilidade em encontrar uma vaga, também cresceu. O estacionamento é imprescindível. Claro que ele tem ajustes, claro que os monitores precisam ser treinados, mas isso não justifica querer acabar com o serviço. Essas reclamações sobre a multa dos 18 reais é pontual. Um percentual mínimo dos motoristas recebe essa multa. O Estacionamento precisa ser mantido”, defendeu Alexandre.

Ontem, durante a sessão da Câmara de vereadores o assunto voltou a tona com parlamentares registrando as queixas dos usuários. Houve até mesmo quem defendesse o fim do serviço. “Se a cidade não comporta o serviço então que se cancele as atividades, acabe com o rotativo e volte como era antes”, defendeu o vereador Toninho de Mello.

O prefeito Murialdo Gastaldon disse, por telefone, que pretende rediscutir o assunto e não descarta encerrar o rotativo. “O valor é o mais barato da região, já realizamos vários ajustes e hoje idosos e deficientes não pagam, carga e descarga não paga, mas vamos rediscutir. Eu vou preparar uma reunião ampliada para tentar por um fim na polêmica. Se a comunidade de Içara não quiser mais o estacionamento a gente calcula a rescisão e acaba”, avisa o prefeito

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *