Centro de Inovação de Criciúma é pauta de reunião na Unesc

Criciúma

Já no primeiro dia de retorno das atividades na Unesc em 2020 as atenções voltaram-se ao Centro de Inovação de Criciúma. O trabalho, protagonizado pela Unesc, está em fase de análise do projeto arquitetônico, assunto amplamente debatido em encontro nesta terça-feira (7/1) na sala de reuniões da reitoria da Universidade.

O Centro de Inovação de Criciúma será transformado em realidade por meio da concessão do antigo prédio do Complexo Nereu Guidi por parte da Unesc em prol do desenvolvimento do Sul. O valor investido, no montante de R$ 8 milhões concedidos pelo Estado, será voltado à adequação e reforma do espaço, trabalho que deve ser concluído ainda em 2020. O convênio para liberação de recursos está em tratativas com o governo do Estado e a sinalização é de que a assinatura seja feita ainda em janeiro.

A reitora da Unesc, Luciane Bisgonin Ceretta considerou a reunião importante para avaliar os caminhos do projeto arquitetônico que oferece o conceito estrutural do prédio.

Segundo o diretor de Desenvolvimento Econômico, Tecnologia e Inovação da prefeitura de Criciúma, Claiton Pacheco, a reunião desta terça-feira foi a segunda de uma série de encontros que ocorrerão nas próximas semanas, com o objetivo de definir o projeto arquitetônico do Centro de Inovação. “Essas reuniões têm sido muito importantes para alinharmos as funcionalidades e, principalmente, as características que vão permitir que o Centro de Inovação no futuro seja viável financeiramente e permita o desenvolvimento do ecossistema de inovação do Sul do Estado”.

Também participaram do encontro desta terça-feira o diretor de Pesquisa e Pós-graduação da Unesc, Oscar Montedo; o gerente de Inovação da Unesc, Evânio Nicoleit; o professor Igor Drudi; o assessor de inovação da Universidade, Paulo Priante; o diretor do Senac Criciúma e presidente do Comitê de Inovação de Criciúma, Alexandre Meneguetti; o arquiteto Norberto Zaniboni, entre outros profissionais ligados ao projeto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *