Colaboradores da Unesc se unem para salvar vidas

Criciúma

Professores e funcionários da Unesc estiveram no Hemosc (Centro de Hematologia e Hemoterapia de Santa Catarina) nesta quinta-feira (11/10) para doar sangue e contribuir com a campanha do projeto Anjos do Futsal. A iniciativa está incentivando a ida ao Centro de Hematologia para colaborar com reabastecimento dos estoques.

Na Universidade a ideia teve uma boa recepção. Um exemplo é a funcionária da Centac (Central de Atendimento ao Acadêmico) Izabel Cristina Guidi, que doou sangue pela primeira vez. “Sempre tive curiosidade e este movimento me incentivou. A partir de hoje vou buscar contribuir sempre e espalhar a ideia de que estar aqui faz bem para quem doa e para quem recebe”, afirma.

Já a professora dos cursos de saúde da Instituição, Liliana Dimer, é doadora regular e viu na campanha mais uma oportunidade de seguir ajudando. “Aproveitei o movimento na Universidade para trazer minhas colegas e realizar minha doação. Com esta vez conto 11 doações e espero não parar por aqui”, ressalta.

Importante contribuição

A iniciativa da doação de sangue envolve os 25 núcleos de 20 municípios da região Sul de Santa Catarina do projeto Anjos do Futsal. A expectativa é que mais de 400 doadores passem pelo Hemosc de Criciúma. “É necessário que o local receba, em média, de 50 a 70 doadores por dia para que o estoque fique equilibrado. A meta é difícil de ser alcançada, por isso essas campanhas são tão importantes”, comenta Maria Regina Buttner, responsável pelo setor de captação do Centro de Hematologia.

Anjos do futsal

Iniciado em 2001, o projeto conta com mais de mil crianças a partir dos 11 anos em Criciúma, Cocal do Sul, Forquilhinha, Içara, Treviso, Orleans, Morro da Fumaça, Urussanga, Balneário Arroio do Silva, Turvo, Meleiro, São João do Sul, Sombrio, Lauro Müller, Balneário Gaivota, Balneário Rincão, Ermo, Praia Grande e Jacinto Machado. A Unesc é parceria do projeto executado pela Anjo Tintas.