Colheita da Uva impulsiona o Enoturismo

Urussanga

É sob a sombra dos parreirais que os frutos já estão sendo colhidos em alguns locais inseridos dentro do território Vales da Uva Goethe, no Sul de Santa Catarina, com aproximadamente 50 hectares. A ação segue nas próximas semanas na região detentora da única Indicação de Procedência do setor vinícola do Estado. A época também é dedicada à acolhida de turistas que procuram vivenciar experiências diferentes e apreciar os típicos vinhos brancos, frisantes e espumantes elaborados com a rara variedade de uva, reconhecida inclusive pelo movimento internacional Slow Food.

Em 2018, centenas de turistas de diversos estados do Brasil visitaram a região. Agência de receptivo e vinícolas apontaram crescimento entre 30 e 70% em comparação a edição anterior, movimento que também foi registrado em estabelecimentos gastronômicos e rede hoteleira.

Neste ano, o período será comemorado com a realização da 11ª edição da Vindima Goethe, a tradicional celebração da colheita da uva, que ocorrerá entre os dias 18 e 20 de janeiro, no município de Urussanga. O enoturismo é evidenciado com atividades como a colheita nos parreirais e piquenique, esmagamento das uvas com os pés, visitação e degustação nas vinícolas, além de uma imersão na praça central com venda de artesanatos e produtos coloniais, exposições e manifestações artísticas.

O famoso tombo da polenta gigante feita pelo grupo Amici della Polenta acontecerá na noite do dia 18, na praça central, com distribuição gratuita. No mesmo local, o município de Pedras Grandes, berço da imigração italiana, fará apresentações culturais na noite de sábado, dia 19.

CULTURA, AVENTURA E HARMONIZAÇÕES ENTRE AS NOVIDADES

A edição da Vindima Goethe em 2019 contará com novidades na programação. Na rua ao lado da Igreja Matriz, uma mostra conduzida pela Associazione Trevisani de Urussanga contará a história e essência de uma vinícola centenária. A retomada de vôos de balão sob os parreirais será um serviço oferecido sob reserva antecipada pela agência de viagens DS Travel. Enquanto isso, na praça central, produtos cosméticos derivados da uva e do vinho serão lançados. Conversas em dialeto no coreto, oficinas de cerâmica e desenho com artistas plásticos, e bate-papo com especialistas serão outras ações.

Nos restaurantes, os turistas irão encontrar pratos elaborados especialmente para este período, além de degustações orientadas e harmonizadas de vinhos Goethe conduzidas pela sommelierè de São Paulo, Sonia Denicol. Nas vinícolas, destaque para o “Circuito das Artes” com exposições, oficinas e biodanza. Para mais informações, acesse o site Sympla, digite Vindima Goethe e garanta as reservas ou ligue para a Central de Informações Turísticas no (48) 3465 6238.

A 11ª Vindima Goethe 2019 é uma realização da Prefeitura de Urussanga por meio do Departamento de Cultura e Turismo em parceria com a Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe), Prefeitura de Pedras Grandes, agência de turismo DS Travel, Epagri, Câmara de Vereadores de Urussanga e Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Urussanga.

UVA GOETHE

A história é rica e centenária. Foi na região sul de Santa Catarina, entre o mar e a serra, que a variedade de uva Goethe encontrou seu terroir há 120 anos, forte ligação com a imigração italiana. Solo, clima, altitude e relevo fazem este território ser conhecido como Vales da Uva Goethe, a primeira e única Indicação de Procedência do setor vinícola do Estado. Aspectos peculiares chamam a atenção se comparados a outras regiões vitivinícolas do mundo.
Os solos são predominantemente arenosos, com subsolo rico em minerais e também argila. O clima é subtropical úmido com estações bem definidas. Uma perfeita combinação de fatores naturais que, segundo a sommelierè de São Paulo, Sonia Denicol, mais conhecida como Madame do Vinho, resulta em vinhos Goethe, frisantes e espumantes leves, muito frescos e aromáticos, aparecendo naturalmente notas de frutas brasileiras bem peculiares como, por exemplo, cupuaçu e guaraná. Além dos aromas brasileiros, é possível sentir toques salino e mineral que, combinados ao frutado e cítrico da uva Goethe, dão uma tipicidade toda brasileira aos vinhos. Os produtos apresentam jovialidade, novos conceitos e agradáveis surpresas.
O território Vales da Uva Goethe compreende os municípios de Urussanga, Pedras Grandes, Cocal do Sul, Morro da Fumaça, Treze de Maio, Orleans, Nova Veneza e Içara. A Associação dos Produtores da Uva e do Vinho Goethe (ProGoethe) reúne a cadeia produtiva com o objetivo de elevar a imagem deste produto distinto e raro a fim de preservar, por meio do cultivo desta tradição feito por pequenos produtores, a identidade e cultura de descendentes de italianos no sul de Santa Catarina através da vinificação e harmonização com a gastronomia típica local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *