Comitiva de Cocal inicia no sábado viagem à Itália

Cocal do Sul

O sonho de reaproximar a origem italiana pela semelhança entre duas cidades em questões culturais, sociais e na sua descendência está prestes a se tornar realidade e ficar na história de Cocal do Sul. Neste sábado (8), uma comitiva viaja à Itália para oficializar o Pacto de Amizade com o município de Soverzene, pertencente a província de Belluno, norte italiano. O ato será firmado entre os prefeitos Gianni Búrigo, de Soverzene e, Ademir Magagnin, de Cocal do Sul, no dia 14 de fevereiro, às 10h, em solenidade realizada na sede da prefeitura italiana. 

O Pacto de Amizade é uma iniciativa do Governo Municipal de Cocal do Sul, firmado pelo município e conta com o apoio e parceria do Círculo Italiano de Cocal do Sul. O projeto de Lei do Executivo, PE Nº. 27/19, que institui o Pacto foi aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal. 

A comitiva composta por 16 pessoas é liderada pelo prefeito Ademir Magagnin, Gerente de Cultura e Turismo, Juarez Fogaça e presidente do Círculo Italiano, José Orlei Sartor.  Integram o grupo empresários, comerciantes, lideranças culturais e descendentes italianos.

O grupo será acolhido em Soverzene no dia 13 de fevereiro, à noite, com um receptivo cultural e gastronômico. Já no dia seguinte, além da formalização do Pacto, participará de uma visita à hidrelétrica do município italiano, da missa na igreja de San Lorenzo, padroeiro da cidade, finalizando com um jantar de confraternização.

O objetivo do acordo é promover benefícios bilaterais e trocas entre as cidades para promover desenvolvimento cultural mútuo, bem como, fomentar o conhecimento por meio de intercâmbios sociais, culturais, turísticos, tecnológicos, científicos e econômicos.

Para o prefeito Magagnin, a formalização do Pacto de Amizade é a abertura de novas oportunidades culturais para jovens e descendentes. “A cultura italiana em nosso município é muito forte e estamos realizando um trabalho em parceria com o Círculo Italiano de resgate e incentivo ao aprendizado da língua e valorização da nossa história. Acreditamos que essa união entre as duas cidades beneficiará muito no processo de intercâmbio cultural e elevará cada vez mais a nossa cultura”, reconhece.

O grupo permanecerá na Itália até o dia 19 de fevereiro. A programação inclui visitas em diversos lugares para conhecer a economia, cultura e capacidade de produtividade dos municípios. Dentre os compromissos na agenda da comitiva estão a visita a Roma e Vaticano, Belluno, Cadore, Cortina d’Ampezzo, Misurina, Verona, Veneza e Pádova com passagem pela catedral de Santo Antônio. O grupo conhecerá a região do Vêneto, passando por Treviso, maior produtora de Prosecco DOC (Denominação de Origem Controlada) do mundo, Venegazù, Biadene, Tovena e Valdobbiadene com visitação a uma cantina de espumante. Além disso, a comitiva será recepcionada em Cison di Valmarino pela prefeita da cidade.

Segundo o presidente do Círculo Italiano a expectativa desta viagem é muito positiva e importante para confirmar o intercâmbio cultural e de jovens para estudo. “Nós estamos viajando com um grupo de pessoas descendentes da região Vêneta e Bellunesa, que falam e entendem o dialeto. Pessoas ainda que nunca estiveram na Itália e tem o sonho de conhecer a terra de seus antepassados, ver o Papa e participar deste ato histórico para a cultura de Cocal do Sul”, frisa Orlei. 

Sobre Soverzene

De Soverzene partiram muitas famílias para a região Sul, mais precisamente Cocal do Sul. Entre elas, a família Búrigo que muito contribuiu e contribui para o desenvolvimento econômico e cultural. Soverzene está localizada na margem esquerda da Piave, perto de Pian di Vedoja, na província de Belluno, na Itália. A notoriedade de Soverzene está ligada principalmente à grande usina hidrelétrica localizada dentro de uma cavidade escavada na rocha da montanha acima.

A paróquia foi construída apenas em 1975, mas anteriormente, a partir de 1977, tinha dignidade de uma curazia. A igreja é dedicada a São Lorezo Martire. O panorama artístico é completado por algumas importantes obras de madeira, incluindo um retábulo significativo. Apesar do seu tamanho modesto e uma população de cerca de 500 habitantes, Soverzene é o lar de algumas empresas industriais e artesanais que operam no setor de óculos, nos processos de galvanoplastia, construção, mercearia e catering. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *