Imagem ilustrativa

Comunidade dividida entre uma praça e um campo

Comunidade do Bairro Presidente Vargas está dividida. A disputa é por um terreno. O local já abrigou o Campo do PV e parte do bairro quer que ele volte a ter este fim. Outro grupo, no entanto, defende que o campo se mude para a vizinhança, no loteamento Coan, e que aquele espaço onde estava o campo do PV e que hoje está abandonado receba uma praça multiuso.

Leia Também:

Sindicalistas preparam novos atos contra as reformas

“Há um terreno no loteamento Coan, distante 700 metros do atual que pode receber um campo maior, com arquibancada e estacionamento. O terreno do centro é fundamental para a praça que servirá a toda a comunidade. Já tem recurso para isso”, pontua Rogério Custódio Filho.

“Nós queremos que o campo se mantenha ali. Não há nada contra a praça, mas ela pode ser levada para um outro ponto do bairro. Ali tem a história do time e a comunidade já definiu”, explica Adair Benjamin de Souza, o China.

Enquanto o debate segue o prazo para evitar que o recurso seja perdido se aproxima. “São 612 mil em emenda parlamentar para uma praça. A opção é pelo Presidente Vargas, mas tenho até o dia 15 para definir e garantir o recurso”, explica o vereador Rodrigues Mendes Sapinho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *