Comunidade reclama fechamento de escola em Morro da Fumaça

Morro da Fumaça

Com a proximidade do início do ano letivo, os moradores da comunidade de Mina Fluorita, em Morro da Fumaça, voltaram a reclamar do fechamento da escola do bairro. Pelo projeto apresentado pela Secretaria de Educação, os mais de 100 estudantes serão levados para a escola Biazio Maragno. “A escola fica no distrito de Estação Cocal, está em obras e até que a obra fique pronta todos vão ser concentrados em uma unidade do bairro Vila Rica, que também será fechada”, relata Sidney Eufrásio.

Pai de estudante, ele lembra que esse não é o único problema. Como todos os alunos terão que fazer uso do transporte escolar, a rotina dos pais também será afetada. “Uma mãe que trabalha e que tem o filho que estuda a tarde vai ter que chegar em casa, pegar o filho e levar até o ponto. Esperar o ônibus passar e só então voltar para casa, almoçar e correr para o trabalho. Mudaram tudo e não conversaram conosco. Tínhamos uma boa escola”, reclama.

Por nota, o governo de Morro da Fumaça se manifestou sobre o assunto.

O Governo Municipal de Morro da Fumaça, através da Secretaria do Sistema de Educação, comunica aos pais e responsáveis pelos alunos matriculados nas escolas Biázio Maragno e Luiz Casagrande que, já que a nova escola Biázio Maragno, cuja estrutura abrigará os alunos de Mina Fluorita (Escola Luiz Casagrande), Vila Rica (Escola Ignácio Mrotskouski) e do distrito de Estação Cocal, não será finalizada até o início do ano letivo, os alunos estudarão, de forma provisória, na Escola Ignácio Mrotskouski, em Vila Rica.
A medida se faz necessária para garantir o cumprimento do calendário escolar. Comunicamos ainda que o ano letivo iniciará nessa unidade e, posteriormente, migrará para a nova Escola Biázio Maragno.

A escolha se deu porque a Escola Ignácio Mrotskouski possui toda a estrutura necessária para receber todos os alunos sem prejudicar o andamento das aulas.
Vale destacar que o Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, em funcionamento nas instalações da Escola Ignácio Mrotskouski migrarão para outro ambiente, cedendo espaço às unidades escolares que funcionarão neste local. Além disso, com a alteração, a localidade de Mina Fluorita terá o número de vagas na creche triplicado.

Vale ressaltar que o transporte escolar, em rota já planejada, garantirá aos alunos da localidade de Mina Fluorita, Vila Rica e distrito de Estação Cocal acesso e permanência na escola, contando ainda com uma equipe de profissionais do quadro do magistério público municipal que desempenharão com afinco as atividades pertinentes à rotina diária escolar.
O Governo Municipal e a Secretaria do Sistema de Educação de Morro da Fumaça vêm trabalhando no intuito de acelerar os trabalhos de conclusão da nova escola, a fim de assegurar a qualidade de ensino proposta pela Rede Municipal de Ensino.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *