Construção civil anuncia paralisação das atividades

Todas as obras da Construção Civil da Região irão paralisar as atividades a partir da próxima semana. Decisão foi anunciada via nota oficial pelos empresários do setor. O motivo é a paralisação dos caminhoneiros que afeta a normalidade da atividade industrial no país.

Confira a nota:

O Sindicato da Indústria da Construção Civil do Sul Catarinense (Sinduscon) Criciúma vem a público comunicar que, em virtude da paralisação no setor de transporte em todo o país, bem como a indefinição da regularização dos serviços que atendem a indústria da construção civil, que depende de transporte rodoviário para continuar operando, as empresas associadas vão suspender suas atividades até a próxima semana. Esta paralisação será do dia 31/05 ao dia 05/06 (nesta quinta até terça-feira).

O Sinduscon comunica ainda que, foi informado por seus associados que esta suspensão das atividades se faz necessária em razão dos efeitos do movimento paredista, popularmente conhecido por “Greve dos Motoristas”, que impossibilita o escoamento e recebimento das matérias-primas necessárias ao desenvolvimento de atividades da construção civil, bem como, o transporte público e o fornecimento de alimentação aos trabalhadores.