Contra Temer e as reformas sindicalistas fecham a 101

A sexta-feira de Greve Geral em todo o Brasil também deixou reflexos por aqui. O movimento não tem a mesma força da manifestação de 28 de Abril, mas mantém o foco. “São protestos contra a corrupção do Governo Temer e contra as reformas trabalhistas e da previdência”, justifica Edgar da Cunha Generoso. Como ele, outros líderes sindicais saíram pelo centro de Araranguá, protestando.

Depois do ato no vale, os manifestantes também bloquearam a BR-101 em pelo menos dois trechos. Um dos atos, ocorreu em Araranguá. Foi uma continuidade da manifestação registrada na área central.

Um pouco mais a frente, no trecho que fica no limite dos municípios de Morro da Fumaça e Içara, um novo bloqueio. Integrantes do Sindicato dos mineiros atearam fogo em pneus e paralisaram o fluxo. A Polícia Rodoviária Federal acompanhou o ato, mas não houve confronto e o trânsito está liberado.

Os organizadores não descartam uma nova manifestação, desta vez em um final de semana. “Porque ele permitiria um grande volume de pessoas, que não quer ir em um dia útil, mas que também não concorda com este governo. Esperamos que as centrais sindicais encaminhem algo neste sentido”, comenta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *