Cosip na pauta da Câmara de Vereadores em Criciúma

Hoje tem debate sobre iluminação pública em Criciúma. Proposta é do vereador Ademir Honorato. Segundo ele a cobrança feita na cidade está errada. “A cobrança deve ser calculada apenas sobre o que se consome em energia e não sobre os penduricalhos. Hoje se cobra sobre taxa de distribuição, imposto e todos os demais itens na conta”, ressalta.

Segundo o vereador, esse assunto já foi levado ao executivo, mas como não houve resposta a sugestão é que se use o Decreto Legislativo para sustar o decreto do prefeito que estabeleceu essa cobrança.

“O decreto do prefeito estabeleceu essa forma de cobrança ao longo de 2017, deveria ter encerrado em Dezembro, mas nada mudou. Eles não ouviram então vamos tentar o decreto legislativo. É uma prerrogativa legal, pouco usada, mas prevista no nosso regimento”. Na avaliação do parlamentar se a cobrança for feita da maneira correta a Cosip pode ter uma redução de até 40% em alguns casos.