Crianças participam de mais uma edição do Mutirão de Cirurgia Pediátrica no HSJosé

Com um único objetivo e unidos para atender a demanda de crianças na fila de espera, que precisam realizar cirurgias, a equipe de médicos cirurgiões pediátricos, anestesiologistas, enfermeiros e equipe de apoio do HSJosé entra em ação este final de semana (05/05), para a realização de mais um mutirão de cirurgias pediátricas. Trata-se de cirurgias de  média complexidade.

A ação é uma prática tanto da Instituição quanto dos médicos todos os anos.      O Hospital São José abre suas portas todos os anos para realização destes procedimentos, oferecendo toda estrutura, mão de obra e material de apoio.Em 2018, participam do mutirão dez estados e o Distrito Federal.

“O mutirão traz inúmeros benefícios ao orientar e demonstrar a importância do atendimento especializado em Cirurgia Pediátrica para as crianças, além claro de retirar os pacientes da fila do SUS. As crianças são selecionadas por intermédio da fila única da secretaria municipal de saúde.

No dia queremos que tudo seja perfeito e agradável para as crianças, por isso convidamos pela segunda vez a Liga de Cirurgia Pediátrica da UNESC – LACIPE, para recepcionar estes pacientes e trazer um pouco de alegria e diversão neste momento”, conta o médico cirurgião pediátrico e diretor Clínico do HSJosé, Dr. Christian Escobar Prado ( CRM-12407/RQE 16874).

Para este ano, novas salas cirúrgicas altamente equipadas estarão disponíveis para realização dos procedimentos. Um dos únicos hospitais do Estado a participar da ação promovida pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Pediátrica, de forma voluntária, o HSJosé em nome de sua direção parabeniza e apoia a iniciativa. “Sempre que pudermos contribuir com a ação iremos ajudar. Oferecer nosso espaço, a mão de obra de nossos profissionais e suprimentos é o que fazemos sempre para população com todo carinho”, descreve a diretora Geral do HSJosé Irmã Líbera Mezzari.

O diretor clínico da Instituição participa do mutirão desde sua primeira edição e enfatiza a importância de ações como estas realizadas no país, para ajudar na diminuição das filas, mas principalmente para atender estas crianças a superarem seus problemas. “Fico muito feliz e realizado em saber que podemos oferecer na região condições técnicas para alta resolutividade de situação desta natureza, com apoio dos gestores públicos e do Hospital São José, podemos ajudar a sociedade sempre”, ressalta o especialista.

Os procedimentos

O mutirão contempla procedimentos de  média complexidade. As crianças são selecionadas por intermédio da fila única da secretaria municipal de saúde.

Serão realizadas cirurgias eletivas ambulatoriais, como hérnias inguinais, postectomias (cirurgia de fimose), correção de hipospádia (malformação peniana), orquidopexia (correção de testículo não-descido), correção de malformações cervicais (como cisto tireoglosso e branquiais).

Os profissionais cirurgiões pediátricos, envolvidos, atuam de forma voluntária: Dr. Christian de Escobar Prado e Dr. Rodrigo Demétrio.

No mutirão deste ano cerca de 16 crianças devem passar por procedimentos.