Deputado alerta para corte nos investimentos em SC

Deputado Dirceu Dresch alerta para os riscos de precarização dos serviços públicos de Santa Catarina. Proposta do Governador Raimundo Colombo congela os investimentos pelos próximos dois anos.

“Hoje já não há dinheiro suficiente para saúde, educação e segurança. Se essa matéria for aprovada a situação vai piorar. Esse corte é uma condição imposta pelo governo Federal para que o Estado negocie suas dívidas. Mas para isso a população é que vai pagar. Temos que discutir muito esse assunto antes de qualquer votação”.

O congelamento das despesas é uma exigência do governo federal, autorizado pela Lei Complementar 156/2016, que estabeleceu o Plano de Auxílio aos Estados e ao Distrito Federal. Para aderir ao plano, Santa Catarina não poderá  elevar o crescimento anual das despesas, além da  inflação do ano anterior, pelo prazo de dois anos.

Na prática, a medida congela os gastos e inviabiliza que o governo faça investimentos, explica o deputado Dirceu Dresch, líder do PT na Assembleia Legislativa. “O Estado de Santa Catarina ficará engessado, proibido de investir na melhora do serviço público,”