Deputado quer fim dos radares móveis no estado

Florianópolis

O deputado Valdir Cobalchini (MDB) afirma que o projeto de lei, que apresentou na primeira semana de atividades desta legislatura, tem como objetivo acabar com os radares móveis que ficam escondidos atrás de árvores nas margens das rodovias com o único objetivo de multar. Ele defende que  o governo do Estado envie à Assembleia Legislativa um novo projeto de lei criando radares fixos sinalizados nos locais onde mais ocorrem acidentes.

“Está provado que esses radares móveis escondidos não fazem com que a velocidade diminua e conseqüentemente reduzam o número de acidentes,  até porque ficam em locais de retas onde não ocorrem acidentes. Os radares deveriam ser colocados nos pontos críticos das rodovias e sinalizados. Isso seria educativo e não apenas caça-níquel”, afirma Cobalchini.

“Defendo a fiscalização, mas não apenas para arrecadar, para penalizar. A Polícia Rodoviária Estadual sabe os locais que mais causam acidentes, os chamados pontos críticos, e defendo que nesses locais sejam colocados radares fixos, sinalizados. Aí sim, o Estado estará tentando evitar acidentes”, emenda Cobalchini.

Cobalchini também defende a melhoria nas rodovias como forma de prevenir acidentes. “Apresentei um projeto que foi transformado em lei que carimba 10% do IPVA para a manutenção das rodovias. Se esse dinheiro for aplicado corretamente, teremos mais de R$ 70 milhões ao ano para esse trabalho”, argumenta o deputado.