Direção da Celesc recua e regional fica em Criciúma

Florianópolis

Depois de duas reuniões com lideranças do Sul do Estado, realizadas nesta manhã em Florianópolis, a direção da Celesc recuou da decisão anunciada no final da tarde de ontem e resolveu manter o escritório regional da estatal em Criciúma.  A decisão foi oficializada em um documento assinado pelo presidente da Celesc e os deputados da região.

“Os argumentos de decisão técnica eram muito frágeis. Por isso a nossa mobilização e nossa contrariedade com a decisão que havia sido tomada”, argumenta o deputado Luiz Fernando Cardoso (MDB).

A possível mudança de endereço no comando regional da Celesc veio à tona na última semana, através do prefeito Clésio Salvaro. Teve então uma mobilização de lideranças da região. Em um primeiro momento, pela dificuldade de comunicação com o comando do Governo surgiu o temor de que a decisão não seria revertida.

Um temor que aumento com o anuncio feito na tarde de ontem. No entanto, nesta manhã, depois de mais de duas horas de conversa ficou definido que Criciúma segue sendo o polo da região Sul.

Em Içara

Em 2018 a Celesc chegou a anunciar a transferência da sede regional para Içara. O Alvará para a transferência da estrutura para um prédio ao lado do Fort Atacadista chegou a ser emitido pela prefeitura de Içara, mas a transferência nunca se concretizou