Em 2016, Brasil registrou um assassinato a cada nove minutos

Em 2016 uma pessoa morreu assassinada no Brasil a cada nove minutos. São 168 homicídios por dia e 61.619 ao longo de todo o ano. Os números, divulgados hoje na 11ª edição do Anuário Brasileiro de Segurança Pública, mostram um crescimento de 3,5% nos casos. É como se a cada ano o país vivenciasse o mesmo estrago provocado pela bomba atômica que dizimou Nagazaki.

Em Santa Catarina o crescimento foi maior. Um aumento de 4,89% em comparação com 2015. Foram 894 homicídios em 2016. Média de 15 mortes para cada grupo de 100 mil habitantes. Proporcionalmente, Santa Catarina teve mais assassinatos que São Paulo, onde a média é de 11 mortes a cada grupo de 100 mil. Ainda assim, o Estado tem o segundo menor índice do país, atrás apenas de São Paulo.

Os números divulgados hoje também mostram o crescimento dos casos de estupro no Brasil.  Foram 49,497 ocorrências ao longo de 2016. 71.796 pessoas desapareceram no último ano e mais de 1 milhão de carros foram furtados ou roubados no ao longo de 2016.