Em março ruim, região tem saldo positivo de empregos

Criciúma

O mercado de trabalho formal apresentou, em todo o país, saldo negativo de 43.196 empregos com carteira assinada em março. Segundo dados divulgados hoje (24), em Brasília, pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, foram registradas 1.216.177 admissões e 1.304.373 demissões no período. Foi a primeira queda desde dezembro e o pior março desde 2017.

Saldo negativo no cenário nacional e também em Santa Catarina. No estado, ao longo do último mês, foram fechadas 2,976 vagas de trabalho com carteira assinada. Na região Carbonífera saldo positivo de 415 vagas.

Na Amrec, destaque para Criciúma, que fechou o mês com 174 novas vagas. Orleans gerou 35 vagas formais. Saldo positivo também em Cocal do Sul (21), Forquilhinha (54), Lauro Muller (13), Morro da Fumaça (16), Nova Veneza (42), Siderópolis (16) e Urussanga (82).

Fecharam no vermelho apenas as cidades de Içara com o fechamento de 5 vagas e Treviso que encerrou 12 postos formais de trabalho.