Em Nova Veneza, mais de 500 animais já foram castrados nos mutirões

Em Nova Veneza, 500 animais já foram castrados em sete edições dos mutirões. Na sétima edição que aconteceu no último final de semana foram mais 66 animais castrados, em sua maioria fêmeas, entre felinos e caninos, no Ginásio de Esportes Alfredo Bortoluzzi. As ações são promovidas por meio da ONG MAPA – Mãos que Ajudam, Patinhas que Agradecem, ONG SOS Bicho Urbano, com apoio da Prefeitura Municipal de Nova Veneza e da Fundação do Meio Ambiente (Fundave). O objetivo é proporcionar uma castração com valor acessível, melhorar a saúde dos animais e prevenir a proliferação de animais de rua.

De acordo com presidente da Fundave, Juliano Dal Molin com os mutirões foram contabilizadas mais de 500 castrações realizadas pelas Ongs, seus voluntários, com todo o apoio do município através da Prefeitura e Fundave. “Mesmo com os mutirões, nos quais também castram animais de rua, ele alerta para o problema de abandono de animais no município. As pessoas sem consciência aproveitam para se desfazerem em momentos oportunos”, relatou Dal Molin.

Voluntários

O mutirão contou com apoio de voluntários do município que não mediram esforços para trabalharem em favor da causa animal, proporcionando o bem-estar e garantindo o sucesso de mais um mutirão.

Projeto

A ONG MAPA apresentou ao Poder Público um projeto para estabelecer um programa de castração de animais de rua e pessoas de baixa renda, mas claro, também com o objetivo de fiscalizar o abandono e punir as pessoas que realizam este ato.