Empresários defendem a manutenção de Michel Temer

A rejeição da denúncia contra Michel Temer pela Câmara foi vista com bons olhos e comemorada pelo mercado econômico de todo o país. Avaliação é de que a continuidade do Governo vai permitir a continuidade das reformas e a retomada do crescimento.

O sentimento é compartilhado pelo Presidente da Associação Empresarial de Criciúma. Segundo Cesar Smielevisk, uma saída de Temer neste momento apenas tumultuaria ainda mais o cenário econômico do país.

“Precisamos de estabilidade política. Temer tem uma visão de mercado. O mercado é que rege o país. É preciso reconhecer que a inflação está caindo, que as reformas estão passando e que a economia está reagindo. Se fosse retirado, seria apenas uma troca, sairia um entraria outro e a situação do país pioraria. O que aconteceu ontem foi positivo”, destaca.

O ponto de vista é compactuado pelo presidente da Fecomércio. Para o presidente da entidade, Bruno Breithaupt, a expectativa agora é que as reformas possam seguir no congresso. “Esperamos que esta mesma coesão em torno do governo signifique ao menos uma coesão na agenda de reformas. A decisão de ontem abre caminho para as mudanças estruturantes necessárias ao Brasil. A Reforma da Previdência precisa ser retomada ainda este ano, mesmo que não seja apreciado todo o texto encaminhado pelo governo”, pondera.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *