Estudantes do curso de Teatro da Unesc fazem leitura dramática de “Nau dos Loucos”

Criciúma

Os alunos da sexta fase do curso de Teatro – Bacharelado da Unesc, iniciam  o projeto “Nau(vela) dos loucos”. Trata-se de leituras dramáticas do texto “Nau dos Loucos”, do dramaturgo Luís Alberto de Abreu, divididas em duas partes. A versão dos acadêmicos de Teatro para a obra, poderá ser conferida nesta quarta-feira, às 19h30 (link para acesso https://meet.google.com/hkp-gxxr-yzh) . A segunda parte, ocorrerá em 20 de maio, no mesmo horário (link para acesso https://meet.google.com/dxm-rquc-ysr).

O projeto “Nau(vela) dos loucos” é desenvolvido dentro da disciplina de Montagem e Pesquisa Teatral II, da sexta fase de Teatro e conta com a parceria da Sala Edi Balod e do curso de Artes Visuais da Universidade. O texto não fala de Covid-19, de pandemia e nem de relações mediadas por dispositivos eletrônicos, mas questiona o leitor, o ouvinte e o espectador sobre a construção de nossa identidade: afinal de contas o que é isso, ser brasileiro?

O elenco do projeto é composto por Ana Bertolina, Beatriz de Villa, Fabio Murilo, Marcos Alexandre, Mixa Miranda, Ritha Lummertz, Tômm Crescêncio, Val Mendes, William Costa e Yonara Marques. A direção é de Eduardo Osorio Silva e a produção de Beatriz Almendra.

Saiba mais

A comédia “Nau dos Loucos” traz olhares críticos à história brasileira, seus processos de colonização (do imperialismo à globalização), injustiças sociais e loucuras cotidianas do mundo contemporâneo.  

A peça trata do encontro de um nórdico e um índio, que desiludidos e sem perspectivas, embarcam no mítico barco que durante o Renascimento recolhia os loucos da Europa. Os loucos em questão eram todos que a sociedade queria se livrar. Por meio da comédia, o texto estimula uma aproximação e identificação do público com a história do Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *