Expectativa positiva para a Safra da Tainha na Região

Pescadores da região fazem os últimos ajustes nos barcos para o início da pesca da tainha. Captura do pescado está liberada a partir da próxima terça-feira. Torcida é para que esse ano o peixe encoste no litoral do Rincão e garanta grana extra para as 400 famílias que sobrevivem da pesca.

“No ano passado a safra caiu 60% em comparação com 2016. A tainha é o pescado mais lucrativo para os pescadores, por isso nossa torcida para que nesse ano o cenário seja outro’, explica o presidente da Colônia Z-33 João Picollo.

Segundo ele, o problema ano passado foi o clima. “Nós dependemos do frio e do vento Sul. Se não tiver o peixe não vem. Em 2016 tivemos um frio mais intenso nessa época. Ano passado além da tainha os outros pescados como corvina e anchova também não apareceram”