Gaeco apura venda de defesa por funcionário da DTT

Criciúma

Uma equipe do Gaeco cumpriu mandado de busca e apreensão nesta quinta-feira na sede da Diretoria de Trânsito de Criciúma. O alvo da ação não foi a entidade em si, mas sim um funcionário comissionado que atua no departamento.

A investigação corre em segredo de justiça, mas as primeiras informações indicam que o filho de um funcionário do departamento estaria, em conluio com o pai, preparando documentos de defesa contra multas de trânsito.

Ele se valeria de informações privilegiadas para procurar os motoristas notificados e oferecer a possibilidade de “Tirar a multa”. Ontem o computador do funcionário investigado foi levado pelos policiais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *