Governo de Criciúma melhora acessibilidade na área central

Criciúma

Para melhorar a acessibilidade em áreas públicas, a Prefeitura de Criciúma inicia nas próximas semanas a execução de obras de calçamentos de passeios e de rampas. Realizados pela empresa Casa do Construtor e Construções, que venceu o processo licitatório com a proposta de R$ 485.205,04, os serviços pretendem melhorar a acessibilidade de locais públicos e atendem a duas Ações Civis Públicas (ACPs), de autoria do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), que requerem a adequação de calçadas e passeios públicos às normas de acessibilidade, em trechos da Avenida Centenário, e a adaptação de vagas do sistema de estacionamento rotativo de Criciúma destinadas às pessoas com necessidades especiais. 

Executadas sob demanda, as obras começam após a assinatura do contrato entre Prefeitura de Criciúma e a empresa responsável pelos serviços. “O contrato será assinado nos próximos dias e a empresa terá 30 dias para iniciar os trabalhos. Mas, a gente quer que isso ocorra o quanto antes”, comenta a secretária municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Kátia Smielevski. Os serviços serão realizados em inúmeros logradouros públicos de Criciúma e devem contemplar, de maneira imediata, a Avenida Centenário e a região central, além de abranger o novo Parque Centenário, que será entregue aos moradores no dia 6 de janeiro de 2020, durante as comemorações alusivas aos 140 anos do município.

De acordo com Kátia, em virtude de vistorias de profissionais da Divisão de Fiscalização Urbana (DFU) da Administração Municipal, proprietários de imóveis na Avenida Centenário, cadastrados junto à Prefeitura de Criciúma, já iniciaram os trabalhos de adequação de calçadas e passeios públicos. “Nos próximos dias, a revitalização de pontos da Avenida Centenário vai começar e onde há faixa de pedestres, que o proprietário já readequou a sua calçada, serão construídas rampas de acessibilidade anexas ao canteiro central, com pisos guias. Hoje, muitas pessoas tentam e não conseguem acessar a calçada central da avenida por conta da acessibilidade precária. Esse problema será solucionado com as obras”, explica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *