Governo de Orleans garante maternidade funcionando

Prefeito de Orleans Jorge Koch confirmou nesta manhã que a maternidade do Hospital Santa Otília de Orleans vai seguir funcionando. Decisão foi tomada depois de uma reunião realizada ontem. Segundo ele, a grande dificuldade é a baixa produção no setor. Sem verba, é a prefeitura que acaba tendo que manter o setor.

“São 20 partos por mês e isso é muito baixo para manter o setor que precisa de uma série de profissionais para funcionar. Os especialistas querem, cada um, 7,5 mil por Mês para seguir de sobreaviso. Mais 10 para o Pediatra e mais 10 mil para o anestesistas. Para toda a equipe dá 42,5 mil/mês. A prefeitura é que acaba bancando”.

Segundo o prefeito, o Governo vai buscar alternativas para aliviar o peso sobre os ombros da gestão local. “Uma delas é tentar baixar a pedida dos profissionais”. Koch lembra que em poucos quilômetros há três hospitais, todos com dificuldades. “Há hospital em Urussanga, em Lauro Muller e em Urussanga. Os três estão capengas. Estamos gastando demais em uma medida curativa ao invés de investir no preventivo. Mas vamos tentar junto ao Estado para aliviar esse sofrimento”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *