“Governo diz para ficar em casa, mas não faz nada”, reclama deputado

Criciúma

O deputado estadual Milton Hobbus (PSD) fez críticas duras ao Governador Carlos Moisés pela decisão de prorrogar a quarentena imposta aos catarinenses por mais uma semana. “O Governador manda ficar em casa, porque é o mais fácil. O problema é que efetivamente não fez nada para ajudar.  O governador pede para ficar em casa, mas não tem um leito novo, não comprou testes para os municípios, não tem uma UTI nova ligada”, disparou.

Segundo ele a decisão de parar o setor produtivo por mais uma semana vai provocar uma crise sem precedentes. “As indústrias do Estado estão parando porque não tem para quem vender. O governo diz que vai ajudar, mas não apresenta plano claro. Tem ai uma verba do Badesc de R$ 5 milhões que não dá para nada. As contas estão pra vencer e as empresas não vão ter como pagar. Isso precisa ser revisto”, revela.

O deputado também lembra que no dia 26 de fevereiro foi encaminhado oficio ao governo pedindo que Santa Catarina adotasse o plano de prevenção a pandemias. “Que estava pronto na Defesa Civil, mas isso não foi feito. Agora só usam como base a Itália. Porque não adotam o protocolo da Alemanha, da Suécia, da Coréia do Sul, porque não adotam modelos que deram certo”, questiona. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *