Governo restabelece cota para compra de combustível

Polícia Militar da região vinha enfrentando dificuldades para manter as viaturas com o tanque cheio. A PM estava recebendo uma cota menor para abastecer os carros, problema que segundo o comando não estava atrapalhando os trabalhos.

“E estamos adotando posições mais estratégicas para evitar que essa redução, que esse aperto no cinto se torne um problema para a comunidade”, argumentou o comandante da 6ª Região da Polícia Militar, coronel Cosme Manique Barreto, durante entrevista a Rádio Difusora.

A tarde, depois de conversa do comando da PM com o Governador, o assunto teve novo desfecho. “Governador ampliou a verba para a compra de combustível. Está tudo solucionado”, confirmou Barreto.

Bons números

Mesmo com os problemas, com o orçamento escasso, o coronel fez questão de citar também dados positivos.  “A imprensa sempre foca os problemas, mas precisamos ressaltar que se hoje, nada acontecer, vamos bater 50 dias sem um único homicídio na cidade. Tivemos um mês de outubro sem nenhum assassinato e já foi assim em outros momentos. Isso é trabalho efetivo da PM, em ações de inteligência e em ações de policiamento ostensivo para devolver segurança aos moradores de Criciúma”, destacou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *