Homem agride e mata a tia da ex em Araranguá

Uma mulher de 46 anos foi assassinada a golpes de barra de ferro na madrugada deste domingo (3). O companheiro dela, de 43, está internado em Estado grave no Hospital Regional de Araranguá. Ele apresenta ferimentos por todo o corpo e fraturas nos braços. O acusado do crime é C.R.L, conhecido como Casca. Ele fugiu do local e até o momento não foi localizado.

Segundo relato feito a imprensa, o acusado teria se deslocado até a casa da ex-mulher, no bairro Mato Alto. Sob o pretexto de conversar com a ex ele passou a bater nas janelas e nas portas. A jovem, que tem medida protetiva, acionou a tia e pediu ajuda. Elenita Rosa Rodrigues acionou a PM e em seguida foi até o local para tentar ajudar a sobrinha.

Ao chegar na residência Elenita e o companheiro Luciano da Silva foram duramente agredidos pelo suspeito. Com uma barra de ferro ele desferiu golpes no rosto, braços e na cabeça. Elenita caiu e foi encontrada pela PM e pelos socorristas desacordada. Ela chegou a ser levada com vida, mas morreu pouco depois de dar entrada no Hospital. Luciano segue internado em situação delicada.

O caso encerra uma série de três meses sem assassinatos em Araranguá