Hospitais filantrópicos vão receber verba de R$ 9 milhões

Os 60 hospitais filantrópicos de Santa Catarina irão receber nos próximos dias um aporte financeiro de R$ 9.150.600. O valor que será aplicado no custeio das entidades é proveniente de emendas da bancada catarinense no Congresso Nacional, ou seja, de deputados federais e senadores. O repasse ocorreu em solenidade realizada na Assembleia Legislativa na manhã desta segunda-feira, dia 19, com o secretário de Saúde do Estado, Acélio Casagrande, o governador em exercício, Eduardo Pinho Moreira, além do líder da bancada catarinense e deputado federal, João Paulo Kleinubing.

Este recurso engloba a Emenda Parlamentar da bancada catarinense referente à Lei Orçamentária Anual (LOA) de 2017, no valor de R$ 190 milhões destinados para municípios e hospitais filantrópicos. Como os recursos são vinculados ao Ministério da Saúde, o Governo Federal contingenciou 48% do valor da emenda impositiva, ou seja, o montante destinado para a saúde catarinense ficou em R$ 98,8 milhões. Parte já foi destinada aos municípios contemplados pela bancada no final de 2017. Agora, os hospitais filantrópicos também receberão os valores indicados pelos senadores e deputados.

No Sul do Estado, pelo menos 15 hospitais estão associados à Federação das Santas Casas, Hospitais e Entidades Filantrópicas do Estado de Santa Catarina (Fehosc). Na Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec) estão associados às seguintes entidades: Hospital São José, de Criciúma; Hospital São Donato, de Içara; Hospital de São Roque, de Morro da Fumaça;
​ Hospital Santa Otília, de Orleans; e​

Hospital Nossa Senhora da Conceição, de Urussanga