imagem ilustrativa

Içara monitora caso suspeito de sarampo

Içara

Secretária de Saúde de Içara está monitorando um caso suspeito de Sarampo na cidade. A paciente é uma criança de 2 anos. “Ela foi internada em Tubarão na última quarta-feira e agora estamos aguardando o resultado de um exame para confirmar se, de fato, é sarampo”, explica a Secretária Jaqueline dos Santos.

Segundo ela, a criança não está na escola. “Mesmo assim estamos fazendo um acompanhamento das pessoas que convivem com a criança. Além disso, fica mais uma vez o alerta para que as pessoas procurem as unidades de saúde e se vacinem”, reforça.

A única e melhor forma de prevenção para a doença é se vacinar, já que a imunização é eficaz em cerca de 97% dos casos. A vacina é disponibilizada em toda a rede pública.

A 1ª dose ofertada é a tríplice viral, aos 12 meses de vida, e previne contra sarampo, caxumba e rubéola. A 2ª dose é a tetra viral, com um ano e três meses, e previne contra sarampo, caxumba, rubéola e varicela. 

Para adolescentes e adultos, se houve vacinação de 12 e 15 meses, não é necessário receberem outras doses. Até 29 anos de idade, quem não se imunizou na infância deve tomar duas doses. Após essa idade, até os 50 anos incompletos, uma dose só protege contra o vírus. E quem possui idade maior que 50 anos deverá passar por uma recomendação médica para saber se pode se vacinar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *