Içara: Sancionada a lei de incentivo aos servidores da educação

A Lei 4229/18 que concede gratificação a todos os servidores da Secretaria de Educação, em função das notas no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), foi assinada no início da noite desta segunda-feira, dia 24, pelo prefeito Murialdo Canto Gastaldon. O ato, realizado no hall do Paço Municipal, reuniu professores, psicólogos, nutricionistas, psicopedagogos, fonoaudiólogos, merendeiras, auxiliares, motoristas, coordenadores e funcionários em geral.

O prefeito Murialdo Canto Gastaldon enfatizou a importância da valorização da educação pública.  “Esse esforço coletivo é pouco diante daquilo que representa a formação das nossas crianças. Ao final dos nossos oito anos de mandato, as crianças que iniciaram na educação infantil, chegarão ao nono ano conosco. Concluir o nosso mandato em 2020, sabendo que essa geração de estudantes terminará este ciclo com uma educação ainda melhor vale mais que qualquer rua pavimentada. Nós que somos professores sabemos que a saída é pela educação, pela ciência e pela pesquisa, tudo isso está concentrado na secretaria que vocês fazem parte”, destacou o chefe do executivo.

Todos os profissionais da Secretaria de Educação receberão a bonificação de acordo com o número de horas trabalhadas. No caso dos professores 40 horas, o valor será de R$ 500,00. O repasse será feito na próxima sexta-feira, dia 28. “Pensamos as ações, mas são vocês que no dia a dia que executam tudo ao lado dos nossos alunos. A realização deste ato é também para agradecê-los e parabenizar os alunos que se dedicaram aos estudos, alcançando excelentes resultados. O amor é o principal combustível para esta conquista” colocou a secretária de Educação, Ciência e Tecnologia Gerusa Bolsoni.

“A partir do momento que o professor é reconhecido e valorizado pelo seu trabalho, o comprometimento dele é muito maior. A qualidade do ensino público de Içara aumenta a cada dia, isso se deve pela qualificação dos nossos profissionais e pela valorização”, destacou a vereadora Edna Benedet, que representou no ato o poder legislativo.

“As políticas públicas que reconhecem o trabalho dos educadores devem ser tomadas como exemplo para outros municípios e outras redes de ensino. Só por meio da educação construiremos uma sociedade mais justa”, enfatizou a professora Luciana Cássia Geremias, que falou em nome dos demais colegas.  Se em 2020, quando sair o resultado de 2019, houver evolução nos índices, a gratificação será paga novamente, conforme a legislação aprovada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *