II Festival Nacional de Teatro trará 12 apresentações gratuitas à Içara

Evento que acontece em setembro reforça atividades culturais para a população
Içara se prepara mais uma vez para ser a capital nacional da cultura. Dos dias 18 a 22 de setembro, o município vai receber o II Festival Nacional de Teatro Revirado. Na programação, muitas apresentações de todos os lugares do país que pretendem chamar a atenção de moradores da cidade. Na manhã desta quarta-feira, 29, aconteceu a apresentação oficial do evento no Paço Municipal Ângelo Lodetti.
De acordo com o prefeito de Içara, Murialdo Gastaldon, a realização da segunda edição do Teatro Revirado reforça a valorização da arte no município. “Em um momento difícil que o país vive, as artes acaba ficando em segundo plano, mas com esse evento buscamos fazer que a cultura permaneça viva”, disse.
Durante a apresentação, fotos da edição de 2017 foram transmitidas em um telão. Na avaliação da diretora da Fundação de Cultura e Esportes de Içara, Maria Tereza Chagas, todos os munícipes ganham uma oportunidade de participar do evento. “A cultura no município é uma das prioridades e ficamos felizes de dar mais esse passo junto ao pessoal do Cirquinho do Revirado”, comentou.
As apresentações são todas gratuitas e acontecem em diferentes bairros da cidade. A expectativa é de que 15 mil pessoas participem das ações. As cidades de Forquilhinha, Maracajá e Siderópolis também irão receber atrações entre os dias 18 e 21. No sábado, dia 22, o encerramento acontece no período matutino em Içara.
Paixão pela cultura
 
Formado em 1997, o grupo Cirquinho do Revirado contribui para o fortalecimento da cultura na região e em outros locais do Brasil. A primeira edição do Festival Nacional de Teatro Revirado surgiu em alusão aos 20 anos do grupo. “Achávamos que ficaria somente na primeira edição, ou que faríamos uma edição bienal, mas todos abraçaram a ideia e estamos felizes por retornar”, comentou a atriz e fundadora do cirquinho, Yonara Marques.
Reforçando a ideia de Yonara, o ator e também fundador Reveraldo Joaquim falou que além de uma paixão, a cultura traz benefícios para todos. “Além de propor momentos inesquecíveis, as apresentações contribuem para uma evolução, onde faz bem para a saúde e é isso que queremos difundir cada vez mais”, concluiu.