Inca estima 59 mil novos casos de câncer de mama no Brasil

O câncer de mama é o mais comum entre as mulheres no Brasil e no mundo, respondendo por cerca de 28% dos casos novos a cada ano. De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (Inca), estimam-se 59.700 casos novos de câncer de mama no país, para cada ano do biênio 2018-2019, com um risco estimado de 56,33 casos a cada 100 mil mulheres.

Relativamente raro antes dos 35 anos, acima desta idade, sua incidência cresce progressivamente, especialmente após os 50 anos, segundo estudos da Instituição. Segundo levantamento realizado pelo Inca, o Brasil somará cerca de 560 mil novos casos de câncer em 2018. Mundialmente os dados também são alarmantes, a neoplasia mamaria afeta 2,1 milhões de pessoas por ano e é o quinto que mais mata, de acordo com o Globocan 2018, um estudo da Agência Internacional para a Pesquisa do Câncer.

“Estima-se que entre 5 e 10% dos casos de câncer têm um forte componente hereditário, quando uma mutação transmitida de geração para geração é responsável por aumentar as chances de uma pessoa desenvolver a doença. Vale ressaltar, contudo, que exames como o realizado por Angelina Jolie indicam uma alteração que aumenta à predisposição ao câncer de mama, mas isso não é um diagnóstico da doença em si. É um indicativo de probabilidade aumentada, que pode ou não se concretizar”, explica o biomédico Raphael Parmigiani.

Com informações do Notisul

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *