JBS pode enfrentar paralisação na próxima semana

Sem perspectivas para manter aberta a unidade da JBS de Morro Grande a partir de Novembro, lideranças políticas da região vão apelar para um protesto. Com apoio dos trabalhadores e dirigentes sindicais eles pretendem paralisar a unidade no próximo dia 11. “Até lá é o prazo para que o assunto avance e possamos ter uma perspectiva de negociação. Se não acontecer, vamos paralisar”, explica Célio Elias, vice presidente do Sindicato dos trabalhadores na Indústria da Alimentação.

Assunto foi detalhado durante encontro desta manhã de terça-feira. Segundo o prefeito de Morro Grande Valdo Rocha, o objetivo é colocar o Governo na mesa de negociação. “Vamos buscar o apoio do Governo do Estado. Não temos força para negociar. Vamos aguardar e se não houver solução vamos paralisar no dia 11”, adianta.

Para o sindicalista Célio Elias se o assunto não evoluir essa semana, dificilmente a empresa seguirá aberta. Se isso não ocorrer dificilmente haverá venda e será um desastre para a região”, explica o Sindicalistas Célio Elias. Segundo ele, se o fechamento se concretizar 3,6 mil pessoas vão ficar sem renda. “Envolvendo integrado, incubadora, transporte, apanhador de frango, enfim, o prejuízo será gigante”, pontua.