Júlio Colombo vai recorrer da decisão do TJ

Advogado Guilherme Colombo, que defende o presidente do Legislativo de Criciúma de acusação de improbidade administrativa garante que vai recorrer da decisão do TJ que manteve condenação.
“Fomos citados, a decisão deve ser publicada hoje e vamos recorrer sim no próprio tribunal”.

Segundo o advogado a improbidade precisa estar revestida de má fá. “O que não aconteceu. Quando o presidente recebeu a decisão ele acionou o jurídico da Câmara e pediu que, como o cargo não existe mais o funcionário passasse a um cargo correlato. Não houve prejuízo aos cofres públicos. Diante disso eu acredito na reversão desta decisão dentro do próprio TJ”, explica. Caso não reverta, Júlio Colombo e Daniel Freitas podem ficar inelegíveis.

O processo em questão trata de denúncia feita contra funcionário da casa que foi aprovado em concurso público para office boy, mas que nos últimos anos se tornou o maior salário da casa.