Justiça determina perda de mandato de Márcio Dalmolin

Içara

Ainda cabe recurso, mas a última decisão da Justiça eleitoral determina a perda de mandato do Vereador Márcio Dalmolin, do PSD. O parlamentar estava afastado desde julho por determinação da Justiça.  A decisão de primeira instância foi dada pelo Juiz Fernando Dal Bó Martins e determina ainda a prestação de serviço comunitário durante uma hora, todos os dias, durante quatro anos e ao pagamento de multa equivalente a 42 mil e outros 20 salários mínimos a serem repassados a uma entidade.

A sentença está baseada em documentos que foram entregues a Polícia por um ex-assessor. Os documentos faziam parte da contabilidade de campanha do parlamentar onde constaria a compra de votos com vários itens como cesta básica, material de construção e gasolina.  O assessor e outros dois cabos eleitorais também foram condenados, mas com penas reduzidas.

O vereador também é acusado de peculato e lavagem de dinheiro. Segundo a denúncia, Márcio também receberia de volta parte do salário pago a assessores. O Popular Rachid. Márcio segue recorrendo e nega as acusações.