Laguna deve ganhar instalação de Colégio Militar

A Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de Laguna ainda aguarda a resposta do governo do Estado sobre o plano de instalar na cidade um polo do Colégio Policial Militar Feliciano Nunes Pires. Mas o secretário executivo Luiz Felipe Remor está confiante no projeto e acredita que até o fim do ano deve receber uma posição do governo.

Ele diz que a instalação do colégio militar é uma prioridade de sua gestão. Segundo Remor, falta o Estado dar a garantia de que disponibilizará recursos não apenas para o restauro do prédio, mas também para o funcionamento da instituição.

A unidade de ensino, caso seja instalada mesmo, irá ser implantada no prédio da escola básica Jerônimo Coelho, no Centro. Como a edificação é tombada pelo governo, o projeto precisou ser analisado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan). O órgão, segundo o secretário, também aprovou a construção de uma quadra coberta no pátio interno da escola.

De acordo com Remor, a obra deve custar aproximadamente R$ 5 milhões. Além disso, o funcionamento do colégio militar vai exigir o repasse mensal de pouco mais de R$ 100 mil para o custeio de despesas. “Tanto governador quanto o seu vice mostraram interesse na implantação do projeto. Eles estão apoiando”, garante o secretário.

Informações e foto – Notisul