Imagem ilustrativa

Lixo de Criciúma pode ser transformado em Energia Elétrica

O Lixo de Criciúma está despertando o interesse dos japoneses. A Kyocera quer implantar na cidade uma usina para a produção de energia elétrica tendo como base os resíduos sólidos gerados na cidade.

O primeiro contato entre empresa e prefeitura foi intermediado pela ambientalista Zeta Machado. Agora o assunto está nas mãos do secretário Celito Cardoso. Segundo ele o o projeto está em fase inicial, mas com perspectivas positivas.

Neste momento o próprio Celito trabalha na Elaboração de uma Parceira Público Privada que viabilizaria o investimento. A Kyocera utilizaria 97% do lixo produzido na cidade.

Além de não ter mais que pagar o depósito feito hoje no município de Içara a produção de energia ainda reverteria para a cidade, todos os anos, alguns milhões de reais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *