Luiz Carlos Winck não é mais técnico do Tigre

Direção do Criciúma acaba de confirmar a saída de Luiz Carlos Winck. Além do treinador, o Criciúma também dispensou o auxiliar Zé Carlos Marques e do preparador físico Luciano Ilha. Até o momento ainda não pronunciamento oficial sobre os motivos da saída, mas a expectativa é de que o assunto seja esclarecido em coletiva.

Luiz Carlos Winck comandou o Criciúma durante 111 dias e é responsável pelos 34 pontos conquistados no Brasileirão. Nos últimos jogos, o treinador havia se mostrado tenso em suas entrevistas e evitava falar sobre os reforços solicitados e não contratados.

Essa é a segunda vez neste ano, que a direção do Criciúma troca a comissão técnica de forma surpreendente. Na primeira vez, Deivid treinava o time para enfrentar o Luverdense quando acabou sendo comunicado sobre o fim de seu contrato. Agora Winck prepara o time para o duelo com o CRB e também deixa o clube.