Meta de vacinação não será alcançada em Criciúma

Criciúma

A Campanha de Vacinação contra a gripe termina nesta terça-feira e Criciúma já sabe que não conseguirá atingir a meta de imunização. A principal preocupação é com o último grupo prioritário, que incluiu puérperas, gestantes, professores e crianças.

Segundo dados do setor de imunização da Secretaria de Saúde de Criciúma apenas 54 % das crianças com mais de seis meses e menos de seis anos foram imunizadas. “Isso quer dizer que ainda há pelo menos 6 mil crianças que precisam receber a dose. Temos mais de mil gestantes que também não se vacinaram. No total temos 20 mil pessoas que ainda precisam ser imunizadas e vamos ser realistas é praticamente impossível atingir esse número hoje”, explica a Kelli Barp Zanette, responsável pelo setor de imunizações.

Ela explica que a campanha começou muito bem, mas que na reta final as pessoas deixaram de procurar as doses. “No começo as doses se esgotavam quase que no mesmo dia que chegavam as unidades. Os idosos cumpriram bem o seu papel, mas os outros grupos deixaram a desejar. Agora vamos encaminhar as informações ao Ministério da Saúde e aguardar a orientação. Eles podem optar por liberar a vacina para toda a população ou prorrogar mais uma vez a campanha”, detalha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *