Morro da Fumaça deve ganhar lei Anticorrupção

Na prática ele permite a aplicação da Lei Federal 12.846, de 1º de agosto de 2013, que trata da responsabilização administrativa das pessoas jurídicas, pela prática de atos contra a administração pública.

O projeto, além de tipificar as condutas lesivas praticadas por pessoas jurídicas ao patrimônio público, dará instrumentos e subsídios para a própria administração pública poder controlar e punir aqueles que com ela contratam, inclusive, no que diz respeito ao processo administrativo que responsabilizará aqueles que agirem de modo prejudicial ao erário, estabelecendo penalidades a serem aplicadas de acordo com a gravidade da ação praticada.

Leia Mais:

Içara vai ganhar versão local do Ficha Limpa

“É um projeto para Morro da Fumaça, acima dos partidos políticos. Pode parecer algo simples neste primeiro momento, mas futuramente, quando outros municípios aderirem a esse cadastro de empresas punidas e for efetivamente utilizado, podem ter certeza, estaremos dando o primeiro passo para limpar a corrupção no nosso país”, explica o prefeito.

Para ele, diante do momento que o Brasil vive é necessário que o município busque respaldo, em seu âmbito, à altura das suas respectivas demandas. “Esse tipo de lei permite uma punição administrativa muito mais célere, trazendo transparência e ética no combate à corrupção. Penso que devemos ir ao encontro dessas mudanças que esperamos na administração pública. Temos que combater a corrupção e acreditar que isso é possível”, coloca Noi Coral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *