Morte de Stopassoli não foi coronavírus

Criciúma

A Vigilância epidemiológica de Criciúma acaba de descartar o novo coronavírus como causa da morte de Evaldo Stopassoli.

O criciumense de 73 anos morreu nesta madrugada no Hospital da Unimed com sintomas da doença. No entanto, o laudo do Lacen descartou a contaminação. 

Com isso Santa Catarina segue com duas mortes. Na região o coronavírus ainda não fez vítimas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *