Mutuc é excluído do Conselho de Transporte

O Movimento dos Usuários do Transporte Urbano de Criciúma (Mutuc) foi excluído do Conselho Municipal de Transportes e os movimentos sociais e sindicais iniciaram mobilização para evitar que a situação se consolide. Criado por mobilização popular em 2005, o Mutuc passou a ter assento no Conselho e fez o contraponto, ampliou o debate em torno do valor das tarifas do sistema e da qualidade do serviço prestado.

Sem personalidade jurídica oficial, o Mutuc por consenso de seus integrantes, era representado no Conselho pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) e na última reunião do Conselho Municipal de Transportes, antes do feriado, por maioria dos seus membros e com abstenção da União das Associações de Bairros de Criciúma (UABC), o Mutuc foi excluído. Edegar Generoso, presidente do Sindicato dos Bancários, que representava o Movimento no conselho, questiona a decisão, pela distorção da representação dos usuários.

Segundo o sindicalista Edgar Generoso, agora os usuários vão ao Prefeito Clésio Salvaro para tentar se manter no debate. “Esse é o grupo que, de fato, representa o usuário. Se for o caso vamos também conversar com os vereadores e até com a justiça. Queremos seguir debatendo os valores e os rumos do transporte e representando de fato o usuário”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *